Filme: Um estranho no ninho


Randall McMurphy é questionador e transgressor, que para não ser preso, se finge de louco e acaba num hospital psiquiátrico.

Apesar do hospital ser um local com regras de "não pode fazer isso", "não pode fazer aquilo", ele experimenta possibilidades de ir além, encontrando novos meios de se apropriar do espaço.

Ele passa a agir contra as regras da instituição e faz amizade com os internos, passando a ser até admirado.

O filme se desenrola nessa relação entre ele, os colegas e o espaço institucionalizado, gerando reflexões sobre a própria instituição, com uma boa comédia.

Uma obra-prima do diretor Milos Forman, e uma das melhores performances de Jack Nicholson, baseado no romance fantástico de Ken Kesey.

Me parece um filme muito interessante para refletir sobre a questão da existência e liberdade na relação. Segue o trailer abaixo:








Por Bruno Carrasco, psicoterapeuta existencial.
Tecnologia do Blogger.