Frases de Sören Kierkegaard


Søren Aabye Kierkegaard (1813-1855) foi um filósofo e teólogo dinamarquês, que priorizou em suas obras a realidade humana concreta ao invés do pensamento abstrato, destacando escolha e o compromisso pessoal, explorando as emoções e sentimentos dos indivíduos quando confrontados com as escolhas que a vida oferece.

"Sinto, logo sou."

"A verdade é a subjetividade."

"A angústia é a vertigem da liberdade."

"Quando você me rotula, você me nega."

"A verdade não deve ser buscada senão na paixão."

"Devo encontrar uma verdade que seja verdade para mim."

"O que já existia, agora começa a existir novamente."

"Ousar é perder o equilíbrio momentaneamente, não ousar é perder-se."

"Aventurar-se no sentido mais elevado é precisamente tomar consciência de si próprio."

"Acima de tudo, não se esqueça da obrigação de amar a si mesmo".

"A personalidade de um homem só está madura quando ele encontra sua própria verdade."

"A vida não é um problema para ser resolvido, mas uma realidade a ser experimentada."

"A vida só pode ser compreendida, olhando-se para trás; mas só pode ser vivida, olhando-se para frente."

"É preciso uma coragem puramente humana para renunciar a toda a temporalidade a fim de obter a eternidade."

"Se houver coragem de ir mais além, se constatará que a então realidade será muito mais leve do que era a possibilidade."

"A coisa crucial é encontrar uma verdade que seja verdade para mim, encontrar a ideia pela qual eu esteja disposto a viver e morrer."

"As pessoas me entendem tão pobremente que mal compreendem a minha queixa sobre não me entenderem."

"O desespero mais comum é não escolhermos ou não podermos ser nós mesmos, mas a forma mais profunda de desespero é escolhermos ser outra pessoa ao invés de nós mesmos."
Tecnologia do Blogger.